08/03/2018 18h21 - Atualizado em 09/03/2018 11h05

Ações e projetos do Governo do Estado mobilizam mil gestores

Aproximadamente mil gestores da administração estadual participaram, nesta quinta-feira (08), em Vitória, de uma reunião de alinhamento sobre as ações e projetos previstos no Planejamento Estratégico do Governo para 2018. O governador Paulo Hartung, que presidiu o evento, agradeceu a todo o conjunto de servidores da administração estadual pela “trajetória exitosa do Governo”, que entra em seu quarto ano de gestão com muitos desafios vencidos e a vencer.

 “Atravessamos a tormenta, administramos o desafiante presente com equilíbrio, responsabilidade social, e ainda lançamos as bases dos novos destinos das terras capixabas”, disse Hartung, numa referência ao trabalho realizado pelo Governo, diante da maior crise econômica do país, e que no Espírito Santo foi agravada pela seca, pela paralisação da Samarco e também pelo impacto causado pela queda no preço do barril de petróleo. Tudo isso fez cair significativamente a arrecadação do Estado.

Hartung disse à equipe de gestores que o Governo “ousou lutar, ousou inovar e ousou fazer”, e ressaltou, em relação aos projetos já realizados: “Cumprimos exatamente com o que nos comprometemos ainda na campanha eleitoral e que se materializou nos projetos fundamentais do nosso governo: planejamos e entregamos um novo Início na caminhada do Estado do Espírito Santo”.

Desafios

O secretário de Estado de Economia e Planejamento, Regis Mattos Teixeira, fez uma retrospectiva, lembrando que antes mesmo de o início do Governo, um diagnóstico apontou para a desorganização nas contas públicas.

“Em 2013, o déficit do Governo foi de R$ 983 milhões, e em 2014, de R$ 1,45 bilhão. Além disso, a economia já demonstrava os primeiros sinais daquela que viria a se configurar como a maior recessão da nossa história, segundo afirmam os analistas”.

Regis Mattos lembrou que, desde o primeiro dia de governo, foram adotadas medidas no sentido da reorganização das contas. “Em diálogo com os poderes e a sociedade capixaba, reduzimos em R$ 1,3 bilhão um orçamento que estava superestimado. Além disso, foram aplicadas diversas medidas de redução de gastos que nos permitiram equilibrar receita e despesa”, disse o secretário.

Ele lembrou que, mesmo com o agravamento da crise, o Governo continuou mantendo os pagamentos de servidores e de fornecedores absolutamente em dia, e avançou na consolidação de projetos inovadores como o Escola Viva, que chega neste ano à sua 32ª unidade; o Ocupação Social, que vai ofertar 56 mil oportunidades; e a Rede Cuidar, que abrirá mais três unidades neste ano, além da primeira, já em funcionamento em Nova Venécia, no Norte do Estado.

O Governo também investe na área ambiental, implantando o maior programa de sustentabilidade do Espírito Santo, o Águas e Paisagens, além de ampliar o reflorestamento e a construção de barragens. 

Para o secretário da SEP, órgão que coordena o Planejamento Estratégico, “o foco, o comprometimento e liderança de cada um dos servidores públicos” são atitudes fundamentais para que o Governo possa vencer os desafios deste ano, que promete ser de retomada do desenvolvimento no país e no Espírito Santo.

“Com essas atitudes, poderemos, com nosso trabalho, garantir mais qualidade de vida e oportunidades a todos os capixabas”, afirma o secretário.     

Acesse o link abaixo e conheça algumas das prioridades estratégicas: 

Download

 

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação – SEP

Claudia Feliz

claudia.feliz@planejamento.es.gov.br

Tel: (27) 99507-4071 (27) 3636-4258

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard