22/11/2017 23h05 - Atualizado em 22/11/2017 23h16

Escritório de Projetos do Governo do Espírito Santo é um dos três melhores do país

O Escritório de Projetos do Governo do Espírito Santo está entre os três melhores do país, posição conquistada nesta quarta-feira (22), durante a realização do Prêmio PMO do Ano 2017, realizado pela Revista Mundo PM. A classificação coincide com a comemoração dos 10 anos de atuação ininterrupta da unidade, que funciona na Secretaria de Estado de Economia e Planejamento (SEP) e desempenha papel fundamental junto às diversas secretarias e órgãos do Estado, para que investimentos se transformem em benefícios concretos para a população.

O PMO (Project Management Office) do Governo do Estado disputou a final do Prêmio PMO do Ano 2017 com dois grandes concorrentes de âmbito nacional: os escritórios do SPC Brasil, que conquistou o troféu, e do Hospital Albert Einstein. A entrega da premiação aconteceu em São Paulo, com presenças do subsecretário de Estado de Planejamento e Projetos, Jader Mutzig, e do gerente do Escritório de Projetos, Victor Pestana.
Desde sua criação, em 2007 - na primeira gestão do governador Paulo Hartung -, o PMO-ES já apoiou a realização de um total de 2.908 projetos, executados por secretarias e órgãos da administração pública estadual.
Monitoramento
A partir de 2015, a unidade vem monitorando intensivamente uma carteira composta de 21 projetos estruturantes, com 137 ações de Governo. Dessa carteira fazem parte projetos inovadores como o Escola Viva, que até 2018 estará com 32 unidades em funcionamento, atendendo a 20 mil alunos com ensino em tempo integral.

Também integra a carteira de projetos a Rede Cuidar, que reorganiza o atendimento no sistema de saúde pública do Espírito Santo com oferta de exames e consultas especializados. A primeira das cinco unidades previstas já está em funcionamento em Nova Venécia, região Noroeste do Espírito Santo.

Outro projeto inovador da carteira de Projetos Estruturantes é o Ocupação Social. Com atuação em 25 bairros do Estado, o programa oferece uma rede de oportunidades em ações de educação, artes, cultura e empreendedorismo, para jovens expostos à vulnerabilidade social.
Todos os 21 projetos estruturantes e suas ações são iniciativas prioritárias. As ações incluem, entre outras, obras viárias, projetos ligados às áreas de Saúde; Educação; Desenvolvimento Social; Segurança; Justiça e Defesa Social; Infraestrutura Logística, Meio Ambiente e Agricultura; Cultura, Turismo e Esportes; e Gestão Pública.

Gerenciamento intensivo


Com gerenciamento intensivo, o Escritório de Projetos do Governo identifica e aponta solução de riscos e gargalos, e encaminha medidas para tomada de decisões estratégicas, visando o alcance dos resultados.
O PMO-ES disputou o Prêmio PMO do Ano, na etapa semifinal, com outros 15 escritórios de projetos de grandes organizações do país: SPC Brasil, Edenred S/A, Stefanini, Falconi, Serasa Experian, Banco Central do Brasil, Mercedes-Benz do Brasil Ltda, Bayer S.A., Magnesita S.A., Iben Engenharia Ltda, Unimed-BH, Hospital Albert Einstein, Caixa - PMO Cepti - TI Brasília, Prodabel e Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Até a etapa final, o prêmio registrou uma longa jornada com apresentações de 40 projetos e escritórios.
Orgulho
O secretário da SEP, Regis Mattos Teixeira, que participou da criação do Escritório de Projetos, diz que a classificação no Prêmio PMO do Ano “é mais um exemplo que o Governo do Espírito Santo dá ao país”, numa referência à qualidade da gestão pública.
“Não é pouca coisa ser reconhecido como um os três melhores escritório de projetos do Brasil. Essa classificação nos dá orgulho. Concorremos com empresas grandes, importantes multinacionais sediadas em todo o país”, argumenta o secretário, destacando que a premiação também revela “o profissionalismo, a dedicação e o trabalho sério que vêm sendo desenvolvidos pelos profissionais que integram todas as equipes da área de projetos do Governo do Estado”.
O subsecretário de Estado de Planejamento e Projetos, Jader Mutzig, também afirma que “especialmente com os desafios atuais que o país está enfrentando, é preciso valorizar as práticas de excelência que existem na gestão de projetos públicos”. E ele ressalta que a premiação reflete a qualidade de uma gestão pública focada em entregas para a sociedade.
Responsável pela apresentação do trabalho desenvolvido pelo PMO-ES, nas etapas seminal e final do Prêmio, em São Paulo, o gerente Carlos Victor Salvarez Pestana também destaca que “esse reconhecimento é resultado de um trabalho essencialmente técnico, realizado por uma equipe qualificada, engajada e com alta capacidade de resposta aos desafios”.

Trajetória


Com a superação da crise política e da desorganização da gestão pública estadual ocorrida no início dos anos 2000, o Governo do ES criou o seu Escritório de Projetos em 2007. O objetivo era gerenciar uma carteira de projetos definida com a elaboração de uma agenda de desenvolvimento do Estado de longo prazo, o ES 2025.
O Escritório de Projetos surgiu então vinculado à vice-governadoria. No ano seguinte, em 2008, recebeu o status de secretaria extraordinária, fato até então inédito no país.
Em 2011, com mudança de governo, a Secretaria de Estado de Economia e Planejamento absorveu o Escritório de Projetos, que passou também a coordenar o planejamento estratégico governamental. Com essa medida, houve a ampliação do alinhamento dos projetos com o planejamento e também a realização orçamentária desses projetos.
Segundo o gerente Victor Pestana, desde 2015 a unidade vem “aprimorando e inovando em suas ferramentas e práticas de gestão, adaptando-se aos desafios impostos pelo cenário, o que tem possibilitado maior priorização e planejamento dos projetos, além de maior disciplina na execução”.
O mesmo Victor Pestana explica: “Nossa equipe, alinhada com secretários de Estado, diretores e gerentes de projetos das secretarias e órgãos da administração estadual, atua em dois níveis: gerenciando e monitorando intensivamente a carteira com 21 projetos estruturantes, e realizando monitoramento menos frequente das demais prioridades definidas no processo de planejamento estratégico”.

Principais entregas


2015 – 2018


Centro de Treinamento Jayme Navarro de Carvalho - concluído e em funcionamento
Rede Cuidar Nova Venécia - em funcionamento
17 Unidades de Escola Viva - em funcionamento
Sistema de Produção e Abastecimento de água de Reis Magos - em funcionamento
26 bairros atendidos pelo Programa Ocupação Social
16.373 jovens contemplados com oportunidades em ações de capacitação profissional, empreendedorismo, cultura e esporte
PPP de Saneamento de Vila Velha - implantada
15 Escolas construídas, reconstruídas ou reformadas e ampliadas


Informações à imprensa
Claudia Feliz
claudia.feliz@planejamento.es.gov.br
(027) 3636-4258/ 99507.4071

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard