19/03/2018 19h50

Técnicos do Espírito Santo e de Santa Catarina participam de videoconferência sobre o Escritório de Projetos do Governo do Estado

Considerado um dos elementos de modernização e profissionalização da máquina estadual, o Escritório de Projeto do Governo do Espírito Santo serve de referência para outros Estados do país. Nesta segunda-feira (19), por videoconferência, o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Regis Mattos Teixeira, a subsecretária de Planejamento e Projetos, Kettini Calvi, e demais integrantes da equipe participaram de uma videoconferência na qual apresentaram experiência do trabalho desenvolvido pela unidade para servidores do Governo de Santa Catarina.

Criado em 2007, o Escritório de Projetos do Governo funciona na SEP e desempenha papel fundamental junto às diversas secretarias e órgãos do Estado, para que investimentos da administração estadual se transformem em benefícios concretos para a população. Em 2017, ficou entre os três melhores escritórios de projetos do país, ao disputar a final do Prêmio PMO do Ano 2017, realizado pela Revista Mundo PM, com dois grandes concorrentes de âmbito nacional: os escritórios do SPC Brasil, que conquistou o troféu, e do Hospital Albert Einstein.

Regis Mattos Teixeira explica que, com o seu PMO, o Governo capixaba busca acelerar a execução dos projetos, aliando eficiência e agilidade. “O objetivo é ampliar a capacidade de o Governo realizar entregas em benefício da sociedade, com projetos que impactem, positivamente, a vida das pessoas”, diz o secretário.

Entre esses projetos estão o Escola Viva, que visa a ampliar as oportunidades de aprendizagem e melhorar o desempenho escolar dos jovens, com um modelo de educação de tempo integral e inovações pedagógicas e de gestão; o Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes), por meio do qual o Governo acaba de liberar R$ 50 milhões para construção de creches, buscando fazer avançar a aprendizagem dos estudantes do ensino fundamental.

E também o Programa de Ocupação Social, voltado para jovens de 26 bairros da Região Metropolitana e do interior do Estado, sobretudo os de maior vulnerabilidade social, oferecendo oportunidades em ações de capacitação em empreendedorismo, qualificação profissional, cultura e esportes; além de projetos de infraestrutura e sustentabilidade, como a construção de rodovias, de barragens, obras de saneamento e ações que visam à ampliação da cobertura florestal do Estado, com o Reflorestar.

A subsecretária Kettini Calvi destaca a busca de integração das áreas de Planejamento Orçamento. “O ciclo de gestão estratégica do Governo é completo”, diz ela, explicando que ele vai desde a etapa de escuta da sociedade, por meio das Audiências Públicas de Orçamento, até o monitoramento e a avaliação das políticas públicas.

Alinhada com secretários de Estado, diretores e gerentes de projetos das secretarias e órgãos da administração estadual, a equipe da do Escritório de Projetos atua em dois níveis: gerenciando e monitorando intensivamente a carteira com 21 projetos estruturantes, e realizando monitoramento menos frequente das demais prioridades definidas no processo de planejamento estratégico. Desde sua criação, há dez anos, a unidade já apoiou a realização de quase três mil projetos, executados por secretarias e órgãos da administração pública estadual.

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard